• Andersonn Prestes

O presente do lugar


Eram cinco da manhã. Acordara cedo para ver o sol nascer e aproveitar todo o dia que demoraria a se pôr. Avistou o vale, desceu a rua e tomou o rumo da volta. Como combinado, encontrou João, e se perderam entre as ruas trafegáveis. O presente se fazia fácil e oportuno. Nenhum pensamento naquela moça que nunca diz ou na tarefa a qual nunca sabe se está por vir. O mistério da inoperância e aquilo que ‘quase é’ sempre desafia nosso presente. João falava de futebol e das Marias que cercavam o lugar. Riram comendo sem saber o porquê, caminharam sobre as ruas e terminaram o reconhecimento do lugar.

O sol se pôs na certeza de que viver é um dia de cada vez.

#escritacriativa #Escritores #filosofia #presente #miniconto

25 visualizações

© 2016 por um quarto e um café.

CONTATO:
Canoas/RS - Brasil
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now